Artigos

Tratamento de Lesão em Chicote

Tratamento lesão em chicote - Clínica Mais Coluna de QuiropraxiaO que é?

A lesão em chicote, também conhecida como “síndrome do chicote”, é um tipo de lesão traumática, que ocorre quando a cabeça é repentinamente projetada para trás e para frente, aparentando o movimento de um chicote.

Este tipo de lesão ocorre com frequência em pacientes que sofreram acidentes de carro, ou praticam esportes violentos de contato e impacto. Este movimento repentino do pescoço provoca um estiramento nas musculaturas e ligamentos que inflamarão e provocarão sintomas dolorosos e incapacitantes no paciente.

Em casos mais graves, pode ocorrer lesão nos discos intervertebrais, provocando então os sintomas de uma hérnia de disco com ou sem comprometimento neurológico.

Cintos de segurança e assentos com encosto para a cabeça ajudam a prevenir ou minimizar as lesões em chicote nos casos de acidentes de carro.


Quais os sintomas?


Os sintomas da síndrome do chicote não aparecem obrigatoriamente no ato do trauma, mas sim, algumas horas ou dias após o trauma.

Nos casos mais simples, o paciente pode apresentar dor na região do pescoço e ombros, com enriquecimento da musculatura, dificuldade de movimentação do pescoço e dor de cabeça.

Nos casos mais graves da lesão, podem ocorrer lesões no disco intervertebral evoluem para quadros de hérnia de disco e, dependendo do local em que o disco comprime, sintomas neurológicos podem surgir através de dormência, formigamento e perda de força nos membros superiores.

Como é o Tratamento?

Quando o paciente apresenta os sintomas da lesão em chicote, é fundamental que o especialista avalie clinicamente e se necessário, recorra a exames laboratoriais a fim de identificar a gravidade da lesão.

Nos casos em que não houve fratura ou lesões importantes do disco intervertebral, o tratamento é simples e apresentam excelentes resultados nas modalidades terapêuticas conservadoras.

O tratamento quiroprático enfatiza a restauração da mecânica das estruturas da coluna cervical, diminuindo então os quadros inflamatórios que provocam a dor e a rigidez muscular do pescoço e ombros.