Bico de Papagaio

O que é?

São formações ósseas que em forma de gancho que se desenvolvem em torno dos discos da coluna vertebral.

Estão entre as causas mais frequentes do aparecimento do osteófito, ou bico-de-papagaio, como é mais conhecido popularmente, a má postura, a obesidade e o sedentarismo. Ele é uma consequência do envelhecimento e da degeneração óssea, sendo portanto mais comuns em pessoas com mais de 50 anos.

Traumas na coluna sofridos anteriormente e doenças reumáticas também podem estar associados ao aparecimento da lesão.

Ele é bastante associado a uma desidratação discal. O disco da coluna é um tecido cartilaginoso e feito de 90% de água. Ao desidratar ele acaba perdendo altura, o que acaba causando uma compressão nas vértebras adjacentes.

Quais os sintomas?

As principais reclamações de quem é acometido por esta doença são de dor forte, limitação dos movimentos, perda da força muscular, da sensibilidade e dos reflexos. Em algumas situações, sensação de formigamento pode ser outro sinal da doença. A dor é originada pela aproximação das vértebras que comprimem a raiz nervosa.

Como é o tratamento?

O tratamento é feito através de ajustes articulares que visam diminuir os sintomas e aliviar a pressão entre as vértebras. Também se faz necessária a realização de alongamentos e atividades físicas, além da prescrição de exercícios que visam o fortalecimento da região.

Como se trata de uma formação óssea, o tratamento com quiropraxia não faz o osteófito desaparecer, pois o bico de papagaio não some. Busca-se aqui um alívio dos sintomas que melhora a qualidade de vida do paciente. A quiropraxia também impede a progressão das doenças.